top of page

Uma viagem pela história e cultura da internet: O poder da música e a era do Spotify

A música tem o poder de evocar emoções, nos transportar para lugares distantes, nos conectar e definir gerações. Desde os antigos discos de vinil e fitas cassete até CDs e MP3s, a maneira como consumimos música tem evoluído constantemente. No entanto, a maior revolução em nossa era musical veio com a digitalização e, mais especificamente, com o surgimento do streaming.


Downloads peer-to-peer

O Napster foi pioneiro na partilha de ficheiros musicais peer-to-peer (P2P) no final dos anos 90 e início dos anos 2000. Seu inovador serviço permitiu que milhões de usuários compartilhassem e baixassem música gratuitamente, revolucionando a forma como as pessoas acessavam música online. No entanto, seu modelo enfrentou grande controvérsia e múltiplos processos por violações de direitos autorais da indústria musical. Essas disputas levaram ao encerramento do serviço original do Napster em 2001. Apesar de sua breve existência, o Napster deixou uma marca indelével na indústria da música, provocando discussões sobre propriedade intelectual e pavimentando o caminho para serviços de música legais e plataformas de streaming.



Kid A

Em uma época em que o streaming não era a norma, o Radiohead inovou ao usar a Internet para promover o álbum, oferecendo prévias e streaming gratuito, o que foi um movimento ousado e visionário. Essa estratégia não apenas ajudou a solidificar o sucesso de "Kid A", mas também estabeleceu as bases para uma mudança de paradigma na forma como artistas e gravadoras promoveriam e distribuiriam música na era digital.




Spotify

Finalmente, chegaram as plataformas de streaming como o Spotify. Elas não apenas ofereceram uma solução legal para o dilema da música digital, mas também reinventaram a maneira como descobrimos e consumimos música.


Originário de Estocolmo e fundado por Daniel Ek e Martín Lorentzon em 2006, o Spotify revolucionou o mercado de música digital. Com mais de 400 milhões de ouvintes mensais, ele se tornou o maior serviço de streaming de música do mundo. Sua expansão na Europa e chegada à América em 2011 tiveram um impacto significativo, levando muitos artistas a lançar tanto seus novos álbuns quanto seus trabalhos anteriores na plataforma.


Essa consolidação afetou o iTunes da Apple, um serviço existente desde 2000, que se baseava na compra direta de música. Ao contrário do iTunes, o Spotify ofereceu a possibilidade de acessar extensos catálogos de música por meio de uma assinatura mensal, sem a necessidade de "comprar" cada álbum. Além disso, o Spotify oferece vários planos de assinatura, desde uma versão gratuita com anúncios até versões premium, incluindo descontos para estudantes e planos familiares, com benefícios como o download offline de música.


A transição para plataformas de streaming legais, como o Spotify, democratizou o acesso à música e ao conteúdo de áudio. Não estamos mais limitados pela capacidade de armazenamento de um dispositivo ou pelo número de CDs que podemos comprar. Em vez disso, temos um universo de sons esperando para ser explorado, tudo graças à era digital.


Na Wayru WiFi, sabemos que na era digital, a conectividade é essencial. Nos esforçamos para fornecer acesso a milhões de pontos de acesso WiFi ao redor do mundo, facilitando que você fique sempre online, não importa onde esteja. Junte-se a nós baixando nosso aplicativo e faça parte desta comunidade global que prioriza a conexão e a liberdade na web!


Nos vemos no próximo capítulo de nossa jornada pela história do ciberespaço!


Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page